Orações

O Louvor a Deus

Louvor a Deus

O jeito certo de orar é estender as mãos e pedir Àquele
que sabemos ter o coração de um Pai. – Dietrich Bonhoeffer

O louvor a Deus é a primeira arma em uma oração poderosa. Cada uma das orações de Jesus de que se tem registro começa com louvor e deveríamos seguir seu exemplo. Lucas 10:21 diz:

Naquela hora Jesus, exultando no Espírito Santo, disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado”. (NVI)

louvor a Deus

Faz sentido que o louvor a Deus seja a primeira parte da oração. Quando começamos a orar, somos conduzidos até a sala do trono de Deus Todo-Poderoso – com os anjos e serafins. Outros crentes juntam-se a nós diante do trono de Deus. Em toda a Bíblia, a primeira reação das pessoas na presença de Deus é a adoração.

Por que o louvor é uma arma poderosa quando oramos?

Fomos criados para amar a Deus e as pessoas, mas, por causa do pecado original, nos encontramos em circunstâncias onde magoamos os outros e os outros nos magoam. Logo acabamos desenvolvendo a ideia de que a nossa principal tarefa era proteger o nosso coração. Construímos muros para manter os outros do lado de fora. Ocasionalmente, deixamos alguém entrar, mas fazer isso nos aterroriza, e logo encontramos um motivo para expulsá-lo.

O resultado disso é que temos um coração pequeno. Na verdade, com o passar do tempo, nosso coração ficou cada vez menor.

O louvor é uma arma importante no quarto de guerra da oração, por tornar o nosso coração maior: louvando, entendemos quem é Deus e o que Ele pode fazer.

O louvor abre o nosso coração para Deus. O louvor nos conecta com o Pai Eterno. O louvor nos retira de nosso pequeno universo e fornece uma visão mais ampliada do reino soberano de Deus. Quando começo minha oração com louvor, ela é mais ou menos assim:

Pai Celeste. Eu te louvo. O Senhor é bondoso. O Senhor é forte. O Senhor é nosso salvador. O Senhor é O Eterno. O Senhor prepara uma mesa diante de nós. O Senhor nos guia por pastos verdejantes. Não há outro além do Senhor. Maravilhoso em todas as suas obras. A mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar. O Senhor nos amou com amor eterno.

Esse é um exemplo de oração de louvor. Pratique louvando a Deus em oração até que sinta que o seu coração está maior e veja Deus em seu esplendor.

Depois de passar algum tempo louvando a Deus, vá para a próxima arma da oração poderosa: o arrependimento.

Fonte: Daniel B Lancaster e Matheus ChaudOrações Poderosas no Quarto de Guerra: Aprendendo a Orar como um Poderoso Guerreiro de Oração (Plano de Batalha para a Oração Livro 1).

Deixar um Comentário